São Paulo (julho, 2016)

Aos pouquinhos a gente vai conhecendo os muitos lugares desse mundo. E registrando com umas fotos, torcendo muito para que nem todas saiam tremidas e estranhas, já que quem escreve essas palavras não tem muito talento para fotografia.

E é muito bom quando no meio dessas andanças podemos parar de admirar uns quadros de anos e anos atrás. E outros de anos recentes. E pensar no porquê aquelas pessoas que me encaram cheias de tinta parecem tão tristes. Ou se é uma projeção minha.

São Paulo foi uma viagem curta e uma viagem necessária para uma outra aventurinha que está para começar. E essa sim, julho, vai ser para tirar qualquer tristeza que esteja se escondendo nos cantinhos da alma.

Anúncios

Um pensamento sobre “São Paulo (julho, 2016)

  1. Oi. Legal que esteve por aqui. Também estive lá agora nas férias de Julho. Os quadros do Portinari são bem tocantes, me emocionaram um tanto.

    Da mesma forma gostei dos do Monet.

    As fotos ficaram muito boas.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s