Outubro

Eu gostaria de ter dito que hoje não choveu. Pela primeira vez em uma semana. Meu corpo estranhou o céu azul, os raios de sol e o brilho todo. Meu corpo estranhou toda aquela luz, toda aquela energia que preenchia instantaneamente todos os cômodos da casa. Eu gostaria de ter dito que meu corpo rejeitou toda a energia positiva que estava chegando com uma força estrondosa. É a velha história que sinais opostos se repelem. Um corpo com sinal positivo e um corpo com sinal negativo, origina um resultado negativo. O resultado negativo foi que eu fechei as cortinas e, no meio de tanta luz, só conseguia ver toda a luz iluminando a bagunça que você deixou quando resolveu que era demais. Quando me deixou com um temporal que durou sete dias sem fim. O ambiente estava pronto para ficar bem, cheio de luz e sol e flores novamente. Eu ainda não. Eu iria precisar de mais de sete dias. Um pouco mais do que míseros sete dias.

 

Anúncios

2 pensamentos sobre “Outubro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s